Total de visualizações de página

segunda-feira, 21 de julho de 2014

8º João Pedro de Francisco Dantas


1ª Cavalgada de Francisco Dantas


Novos pleitos ainda sem data

Embora já tenha determinado a realização de eleições suplementares nos municípios de Francisco Dantas e Areia Branca, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte ainda não definiu quando os novos pleitos ocorrerão nos municípios. Segundo a Assessoria de Imprensa da Corte, no caso de Francisco Dantas o Tribunal aguardará o julgamento dos recursos no Tribunal Superior Eleitoral. Isso ocorre porque a anulação do pleito foi feita por cassação de registro de candidatura.
Juiz do TRE, Verlano Medeiros foi relator do processo
Já no caso de Areia Branca, o Tribunal Regional ainda analisará os embargos de declaração para só depois marcar o novo pleito. No entanto, não há confirmação nem mesmo se a eleição suplementar ocorrerá este ano, já que em período de eleições gerais o pleito suplementar é feito apenas em casos de grandes exceções.

Em Francisco Dantas, a nova eleição foi determinada a partir da decisão da Corte de manter a negativa dos requerimentos de registro de candidatura de Maria Aparecida de Araújo e Anaximandro Lopes Nunes, eleitos respectivamente prefeita e vice-prefeito, em função de reconhecimento de nulidade da convenção que escolheu seus nomes para a disputa no pleito suplementar. Como a prefeita obteve mais de 50% dos votos válidos, a cidade terá novo pleito.

Já em Areia Branca, a decisão da última segunda-feira cassou, a unanimidade, a perfeita Luana Bruno e a vice-prefeita Lidiane Michele Campos Garcia. As duas foram acusadas de abuso de poder político e uso da máquina pública.

Com isso, o Executivo de Areia Branca será ocupado pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Sandro Góis (PV), até que seja realizada uma nova eleição na cidade. A exigência do novo pleito ocorreu porque Luana Bruno, na eleição de 2012, obteve mais de No julgamento da prefeita de Areia Branca, Luana Bruno, o juiz relator, Verlano Medeiros, destacou que há uma “robusta e farta prova documental acostada aos autos evidencia, de forma estreme de dúvidas, a prática das ilicitudes eleitorais”. Analisou o relator sobre os fatos denunciados nos autos: “atos de relevante gravidade que aviltaram a normalidade e lisura do processo eleitoral em flagrante benéfico da candidatura da situação, tendo o condão de desequilibrar o pleito eleitoral e influenciar o eleitor, em detrimento da liberdade de voto”.

Na mesma decisão em que cassou a prefeita de Areia Branca, Luana Bruno, o Tribunal Regional Eleitoral declarou inelegíveis os ex-gestores de Areia Branca Manoel Cunha Neto e José Bruno Filho

Fonte: Site do Jornal Tribuna do Norte
http://tribunadonorte.com.br/noticia/novos-pleitos-ainda-sem-data/287957

Eleitores de 49 municípios do RN vão votar utilizando o sistema biométrico

A biometria garante ainda mais segurança dos eleitores brasileiros na hora de votar. Nas Eleições 2014, mais de 22 milhões serão identificados pelas digitais. No Rio Grande do Norte, 49 municípios vão utilizar o sistema biométrico para a captação de votos. No total serão 1.115.978 eleitores.
A seguir, a relação dos municípios que terão eleição com biometria:
Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Areia Branca, Assú, Baraúna, Barcelona, Bom Jesus, Brejinho, Caraúbas, Carnaubais, Encanto, Equador, FRANCISCO DANTAS, Frutuoso Gomes, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Guamaré, Ielmo Marinho, Ipanguaçu, Itajá, João Dias, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Lucrecia, Macaíba, Macau, Monte Alegre, Mossoró, Natal, Nísia Floresta, Parelhas, Pau dos Ferros, Pedro Avelino, Pilões, Porto do Mangue, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho de Santana, Ruy Barbosa, Santana do Seridó, São Fernando, São Francisco do Oeste, São José de Mipibu, São Tomé, Serra do Mel, Tibau, Timbaúba dos Batistas e Vera Cruz.
Fonte: Site do Jornal De Fato
http://www.defato.com/noticias/37621/eleitores-de-49-munica-pios-do-rn-va-o-votar-utilizando-o-sistema-bioma-trico

quinta-feira, 10 de julho de 2014

CAERN inicia instalação de hidrometros em Francisco Dantas



A instalação de novos hidrômetros na cidade de Francisco Dantas foi iniciada na segunda quinzena de junho. Uma empresa contratada pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai instalar em Francisco Dantas num total de 500 novos medidores e já iniciou o trabalho. Para o consumidor, a instalação traz benefícios porque ele terá como acompanhar o real consumo de água e fazer o acompanhamento dos gastos mensais.

Além de promover a cobrança justa entre todos os usuários, os hidrômetros têm funcionado como um grande aliado no combate ao desperdício de água. Quando as pessoas não estão medidas, elas tendem a gastar mais água, esquecendo da necessidade do uso racional no seu dia-a-dia. Já com o hidrômetro, a tendência é haver uma redução natural nos gastos.

Operacionalmente a Caern comprovou que em cidades pequenas, após a instalação dos hidrômetros, houve uma redução no consumo e a água captada normalmente passa a ser mais do que suficiente para o abastecimento. Em 2014, serão destinados R$35,5 milhões para adquirir 190 mil medidores. O total de unidades compradas em 2012 foi de 99.637 unidades, e em 2013, mais 96.100, totalizando 192 mil nos últimos dois anos.

A instalação de novos hidrômetros na cidade de Apodi foi iniciada na terça-feira (13), pelo bairro Malvinas, e os demais bairros que receberão os hidrômetros são Centro, Lagoa Seca, Cruz de Alma, Baixa do Caic e Betel. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai instalar em Apodi um total de 700 novos medidores e já iniciou o trabalho com 750 medidores, que serão instalados e substituídos, na cidade de Grossos.
Estão em andamento também instalações nas cidades de Upanema, Areia Branca e Felipe Guerra. Em junho, a cidade de Baraúna terá instalados e substituídos 1.500 medidores. Para o consumidor, a instalação traz benefícios porque ele terá como acompanhar o real consumo de água e fazer o acompanhamento dos gastos mensais.
Além de promover a cobrança justa entre todos os usuários, os hidrômetros têm funcionado como um grande aliado no combate ao desperdício de água. Quando as pessoas não estão medidas, elas tendem a gastar mais água, esquecendo da necessidade do uso racional no seu dia-a-dia. Já com o hidrômetro, a tendência é haver uma redução natural nos gastos.
Operacionalmente a Caern comprovou que em cidades pequenas, após a instalação dos hidrômetros, houve uma redução no consumo e a água captada normalmente passa a ser mais do que suficiente para o abastecimento. Em 2014, serão destinados R$35,5 milhões para adquirir 190 mil medidores. O total de unidades compradas em 2012 foi de 99.637 unidades, e em 2013, mais 96.100, totalizando 192 mil nos últimos dois anos.
- See more at: http://www.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=29827&ACT=null&PAGE=null&PARM=null&LBL=NOT%C3%8DCIA#sthash.53kDrj8J.dpuf
A instalação de novos hidrômetros na cidade de Apodi foi iniciada na terça-feira (13), pelo bairro Malvinas, e os demais bairros que receberão os hidrômetros são Centro, Lagoa Seca, Cruz de Alma, Baixa do Caic e Betel. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai instalar em Apodi um total de 700 novos medidores e já iniciou o trabalho com 750 medidores, que serão instalados e substituídos, na cidade de Grossos.
Estão em andamento também instalações nas cidades de Upanema, Areia Branca e Felipe Guerra. Em junho, a cidade de Baraúna terá instalados e substituídos 1.500 medidores. Para o consumidor, a instalação traz benefícios porque ele terá como acompanhar o real consumo de água e fazer o acompanhamento dos gastos mensais.
Além de promover a cobrança justa entre todos os usuários, os hidrômetros têm funcionado como um grande aliado no combate ao desperdício de água. Quando as pessoas não estão medidas, elas tendem a gastar mais água, esquecendo da necessidade do uso racional no seu dia-a-dia. Já com o hidrômetro, a tendência é haver uma redução natural nos gastos.
Operacionalmente a Caern comprovou que em cidades pequenas, após a instalação dos hidrômetros, houve uma redução no consumo e a água captada normalmente passa a ser mais do que suficiente para o abastecimento. Em 2014, serão destinados R$35,5 milhões para adquirir 190 mil medidores. O total de unidades compradas em 2012 foi de 99.637 unidades, e em 2013, mais 96.100, totalizando 192 mil nos últimos dois anos.
- See more at: http://www.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=29827&ACT=null&PAGE=null&PARM=null&LBL=NOT%C3%8DCIA#sthash.53kDrj8J.dpuf
A instalação de novos hidrômetros na cidade de Apodi foi iniciada na terça-feira (13), pelo bairro Malvinas, e os demais bairros que receberão os hidrômetros são Centro, Lagoa Seca, Cruz de Alma, Baixa do Caic e Betel. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai instalar em Apodi um total de 700 novos medidores e já iniciou o trabalho com 750 medidores, que serão instalados e substituídos, na cidade de Grossos.
Estão em andamento também instalações nas cidades de Upanema, Areia Branca e Felipe Guerra. Em junho, a cidade de Baraúna terá instalados e substituídos 1.500 medidores. Para o consumidor, a instalação traz benefícios porque ele terá como acompanhar o real consumo de água e fazer o acompanhamento dos gastos mensais.
Além de promover a cobrança justa entre todos os usuários, os hidrômetros têm funcionado como um grande aliado no combate ao desperdício de água. Quando as pessoas não estão medidas, elas tendem a gastar mais água, esquecendo da necessidade do uso racional no seu dia-a-dia. Já com o hidrômetro, a tendência é haver uma redução natural nos gastos.
Operacionalmente a Caern comprovou que em cidades pequenas, após a instalação dos hidrômetros, houve uma redução no consumo e a água captada normalmente passa a ser mais do que suficiente para o abastecimento. Em 2014, serão destinados R$35,5 milhões para adquirir 190 mil medidores. O total de unidades compradas em 2012 foi de 99.637 unidades, e em 2013, mais 96.100, totalizando 192 mil nos últimos dois anos.
- See more at: http://www.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=29827&ACT=null&PAGE=null&PARM=null&LBL=NOT%C3%8DCIA#sthash.53kDrj8J.dpuf

Seis ex-gestores de Francisco Dantas estão na lista dos "fichas sujas" do TCE/RN

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), em observância ao disposto no parágrafo 5°, do art. 11, da Lei 9.504/1997, encaminhou ao Tribunal Regional Eleitoral e à Procuradoria Regional Eleitoral a relação com os nomes daqueles que exerceram cargos ou funções públicas e que tiveram suas contas rejeitadas por irregularidade insanável e por decisão irrecorrível, nos últimos 8 (oito) anos, cabendo agora à Justiça Eleitoral, diante das informações recebidas e de acordo com o art. 1°, inciso I, alínea “g”, da Lei Complementar n° 64/1990, decidir sobre quem será considerado inelegível para as próximas eleições.

Na referida lista consta seis ex-gestores de nosso município, três ex-presidentes da Câmara Municipal e três ex-prefeitos.

Câmara Municipal de Francisco Dantas
MARIA VALDENORA FERREIRA DE OLIVEIRA GUERRA
FRANCISCO HIPÓLITO PEREIRA
ELOI TORQUATO DE FREITAS REGO

Prefeitura Municipal de Francisco Dantas
EPIFANIO SILVINO DO MONTE
GERALDO MARGELA CHAVES DE LIMA
MARIA GENEVA DE MORAIS DE MELO

Relação completa encontra-se disponível no site: https://arearestrita.tce.rn.gov.br/as/NoticiasTCE/2657/RelFichaLimpaOrgao0497619741704072014_101532.pdf